Campanha se encerra em 31 de maio, uma sexta-feira

A menos de vinte dias do fim da campanha, pelo menos 380 mil crianças e gestantes ainda não se vacinaram contra a gripe no Rio Grande do Sul. A contagem do governo soma, até agora, cerca de 460 mil pessoas vacinadas dentro destes dois estratos, o que representa aproximadamente 55% de um total de 840 mil pessoas.

A campanha, que teve um ‘Dia D’ em 4 de maio, termina no dia 31, uma sexta-feira. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira como alerta a esse público em específico, foco da campanha em 2019. A vacinação para crianças e gestantes, inclusive, começou uma semana antes do restante do cronograma. Além disso, ampliou a faixa etária infantil, de cinco anos incompletos para menores de seis.

O melhor desempenho registrado entre os municípios com mais de 4 mil crianças e gestantes é registrado em Parobé: 77% do público-alvo já procurou os postos de saúde. Na sequência, estão no topo de cobertura da vacina as cidades de São Borja, Santa Rosa, Lajeado e Guaíba.

Já entre cidades menores, que população entre mil e 4 mil crianças e gestantes, as campeãs de vacinação são Sobradinho, que extrapolou a meta inicial, seguida de Tapejara, Gramado, Guaporé e Tupanciretã.

Nos municípios com menos de mil crianças e gestantes, todas as cinco primeiras da lista já vacinaram 100% do público: Pinto Bandeira, São José do Inhacorá, Eugênio de Castro, São João do Polêsine e Montauri.