Em nome da Frente Parlamentar em Defesa da Conclusão da Duplicação da BR 116, estivemos reunidos com o superintendente-adjunto do DNIT, Pedro Luzardo Gomes.

Na pauta, andamento das obras no Lote 5 (Camaquã), que está a cargo da empresa Brasília – Guaíba, e com 43,2% executada. O superintendente informou que estão sendo retomados os trabalhos mas em recuperação judicial. A previsão é de que até final deste ano, estejam concluídos 80 km, aproximadamente 40% da obra.

Na sequência, a Frente vai organizar reunião na Associação Comercial e Industrial de São Lourenço do Sul, com o fiscal da obra, para atualizar as informações sobre o trevo de acesso ao município.