Começa às 00h00 da quinta-feira (18) a 101ª edição da Viagem Segura. A operação se estende até às 23h59 de domingo (21), contando com intensa fiscalização nas estradas, rodovias e vias urbanas.

Além da fiscalização nas estradas, a Balada Segura também estará atuando na Capital em parceria com a EPTC, Brigada Militar e Polícia Civil.

Acidentes

Segundo levantamento realizado pelo DetranRS, entre 2007 e 2018, a média apontada é de 6,76 mortes por dia nos feriados de Páscoa. Foram 338 vidas perdidas, o que representa dizer que uma pessoa perdeu a vida a cada 3 horas e 33 minutos nesses feriados dos últimos 12 anos.

No ano passado, foram 19 vítimas durante os quatro dias do feriado, considerando também as que vêm a óbito até 30 dias pós-acidente. Avaliando a média geral da acidentalidade no Estado, a análise aponta que 66% das vítimas fatais foram oriundas de acidentes que ocorreram nas rodovias e 34% nas vias municipais.

Sobre a Viagem Segura

Com sete anos completados no último feriado de 15 de novembro, a Operação tem como principais parceiros Polícia Rodoviária Federal (PRF), Brigada Militar e Comando Rodoviário da BM (CRBM), DetranRS e Polícia Civil. Também colaboram órgãos de trânsito municipais (EPTC na Capital), ANTT, DNIT, Cetran/RS, Daer, EGR, Famurs, além de representantes da sociedade civil organizada, como o Lions Club e o Instituto Zero Acidente.Nas suas 100 edições anteriores, a operação somou mais de 5,5 milhões de veículos fiscalizados e 244,3 mil testes de etilômetro aplicados. Foram registradas mais de um milhão de infrações, sendo mais de 20 mil autuações por embriaguez, incluindo as recusas ao teste do bafômetro. A fiscalização também recolheu 94 mil veículos e 26,4 mil carteiras de habilitação irregulares.