A Polícia Civil, por intermédio da Delegacia de Repressão às Acoes Criminosas Organizadas (DRACO) de Pelotas, desencadeou nesta manhã a Operação Hermanos, visando o cumprimento de dois mandados de busca e apreensão coletivos em dois condomínios de apartamentos, totalizando 480 buscas. A ação decorre de investigação acerca da atuação de organização criminosa que extorquia e ameaçava pessoas nos residenciais Montevideo e Buenos Aires, inclusive expulsando os moradores. Verificou-se, durante as investigações, que muitos apartamentos serviam como esconderijos de foragidos e armas de fogo. A ação policial, além de repressiva, objetiva devolver os condomínios aos seus moradores de bem, que são a maioria. Participam dos trabalhos aproximadamente 600 policiais civis e 50 policiais militares, de várias regiões do Estado, tratando-se da maior operação policial já implementada no sul do Estado.

Presença na cidade da Chefe da Polícia Civil do Estado Delegada Nadine Anflor.