A jovem universitária passou a ser investigada a partir de anúncios que publicava nas redes sociais oferecendo “brisadeiros” – que são doces confeccionados com uso de maconha em Pelotas

Na tarde dessa sexta-feira (10), agentes da 2ª DP de Pelotas, coordenados pela delegada Walquiria Meder, efetuaram a prisão de duas pessoas, de 23 anos e 25 anos, por tráfico de drogas e associação ao tráfico. A jovem universitária passou a ser investigada a partir de anúncios que publicava nas redes sociais oferecendo “brisadeiros” – que são doces confeccionados com uso de maconha. A nova modalidade de consumo e tráfico de drogas vem despertando a atenção das autoridades, uma vez que parece ter se tornado a nova moda, especialmente nas festas que reúnem jovens da classe média.

A venda de drogas misturadas em doces vem se proliferando em várias cidades do país, mostrando-se prática comum também em Pelotas. Ao cumprir Mandado de Busca e Apreensão na residência da jovem, no bairro Três Vendas, foi encontrada considerável quantidade de maconha de alta qualidade, além de grande quantidade de comprimidos de ecstasy, pontos de LSD e outras drogas sintéticas.

Durante as diligências foi identificado e localizado o namorado da jovem, o qual tinha participação ativa no comércio do entorpecente, conforme foi apurado nas conversas identificadas em um dos telefones apreendidos no local. O casal foi autuado em flagrante e ambos encaminhados para o Presídio Regional de Pelotas. A delegada alerta que a investigação terá continuidade para identificação e responsabilização de outros envolvidos.