Sertão Santana será beneficiada, com o investimento de R$ 7,2 milhões na rodovia ERS-713

Sinônimo de desenvolvimento, segurança e qualidade de vida, o acesso asfaltado foi garantido nesta quinta-feira (15) a mais oito municípios gaúchos. Paralisadas há meses por falta de verba, as obras serão retomadas a partir da assinatura da ordem de reinício pelo governador Eduardo Leite, autorizando a liberação de R$ 37 milhões. Na região, a cidade de Sertão Santana será beneficiada, com o investimento de R$ 7,2 milhões em 14,66 quilômetros da rodovia ERS-713.

“O Rio Grande do Sul tem uma grande demanda em termos de pavimentação e, sem dúvida, entre as prioridades está o asfaltamento do acesso aos mais de 60 municípios gaúchos que hoje não tem essa condição”, destacou Leite.

“Sabemos o quanto isso é importante para garantir conforto e segurança aos moradores, mas, principalmente, para levar desenvolvimento. Afinal, o acesso asfáltico garante redução de custos logísticos, facilita o escoamento da produção, aproxima e reduz tempo de deslocamento e, consequentemente, impulsiona a economia local”, acrescentou o governador.

As cidades que serão beneficiadas – Santo Antônio do Palma, São José do Hortêncio, Carlos Gomes, Sério, Muliterno, Sertão Santana, Ubiretama e Sério/Boqueirão do Leão – fazem parte do programa Acessos Municipais. O investimento liberado, com recursos do Tesouro do Estado, entrará como contrapartida no financiamento do BNDES para as obras de duplicação da ERS-118.

“Em um cenário de grave crise financeira, investir em estradas é mais do que reconhecer um problema grande e partir em busca de soluções. Investir em estradas é investir nas pessoas, na autoestima delas. É investir no progresso do nosso povo”, afirmou o secretário de Logística e Transportes (Selt), Juvir Costella.

Ainda em seu discurso, o secretário ressaltou que o governo segue trabalhando para “qualificar, não somente as nossas rodovias, mas também os demais modais de transporte”, visando o crescimento do Estado.

Os municípios beneficiados e os valores liberados para cada:

Boqueirão do Leão

Rodovia: ERS-421

Trecho: Sério – Boqueirão do Leão

Extensão: 7 quilômetros

Valor liberado: R$ 12 milhões

Carlos Gomes

Rodovia: ERS-477

Trecho: Carlos Gomes – ERS-126

Extensão: 8,7 quilômetros

Valor liberado: R$ 2,8 milhões

Muliterno

Rodovia: ERS-462

Trecho: Muliterno – entroncamento com a BRS-285

Extensão: 13,46 quilômetros

Valor liberado: R$ 1,7 milhões

Santo Antônio do Palma

Rodovia: ERS-458

Trecho: Santo Antônio do Palma – entroncamento com a ERS-324

Extensão: 3 quilômetros

Valor liberado: R$ 53,3 mil

São José do Hortêncio

Rodovia: VRS-874

Trecho: São José do Hortêncio – entroncamento com a ERS-122 (São Sebastião do Caí)

Extensão: 13,15 quilômetros

Valor liberado: R$ 1,5 milhão

Sério

Rodovia: ERS-421

Trecho: Forquetinha – Sério

Extensão: 4,33 quilômetros

Valor liberado: R$ 6,1 milhões

Sertão Santana

Rodovia: ERS-713

Trecho: acesso a Sertão Santana

Extensão: 14,66 quilômetros

Valor liberado: R$ 7,2 milhões

Ubiretama

Rodovia: BRS-392 (acesso)

Trecho: Ubiretama – entroncamento com a BRS-392 (p/ Cerro Largo)

Extensão: 7,87 quilômetros

Valor liberado: R$ 5,7 milhões