Remuneração dos profissionais deverá ser definida pelo instituto e as contratações dependerão de prévia aprovação em processo seletivo simplificado

O Ministério da Economia autorizou a Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) a contratar, pelo período de até um ano, o máximo de 400 analistas censitários. Os profissionais poderão ser contratados a partir de setembro deste ano para atuarem nas etapas de planejamento, acompanhamento e suporte especializado relativas ao Censo Demográfico 2020.

A autorização consta de Portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira. Segundo o texto da portaria, as contratações somente serão formalizadas mediante disponibilidade de dotação orçamentária específica.

A remuneração dos profissionais deverá ser definida pelo IBGE e as contratações dependerão de prévia aprovação em processo seletivo simplificado, sujeito a ampla divulgação. A Portaria diz ainda que os contratos poderão ser prorrogados desde que justificados com base nas necessidades de conclusão das atividades.