Na tarde desta sexta-feira, dia 18, agentes da Delegacia Especializada no Combate a Crimes Rurais e Abigeato (DECRAB) Camaquã se deslocaram até a localidade conhecida como Sapato, quinto distrito do município de Canguçu, para averiguar denúncia referente a cabeças de gado introduzidas em uma propriedade rural. De acordo com o denunciante, os animais referidos não possuíam a autorização do proprietário para ocupar o espaço.

Foi constatado que 12 bovinos adultos estavam no local, gado de origem mestiça, surgindo informações a respeito da  pessoa que colocou o gado na propriedade. Agentes da DECRAB deslocaram até a residência desta pessoa, onde ele foi identificado e intimado a comparecer na Delegacia, em Camaquã, para esclarecer os fatos.

Na propriedade onde o suspeito reside, foi constatado que existiam mais 5 equinos, 2 bovinos adultos e 11 terneiros, sendo todos os 30 animais apreendidos para averiguação de procedência. Foi constatado ainda que o suspeito não tem cadastro de todos os animais junto a Inspetoria Veterinária Estadual.