Já está disponível para o público em geral o serviço de cancelamento de entregas de encomendas pelos Correios. A funcionalidade pode ser usada quando o remetente perceber que uma negociação feita pela internet trata-se de um golpe ou de uma fraude. Dessa forma, o material não é entregue ao destinatário, retornando ao remetente.

Podem solicitar o serviço tanto clientes que tenham contrato com os Correios quanto aqueles que não têm, desde que o CPF do remetente tenha sido informado no momento da postagem. Para pedir o cancelamento, é preciso acessar a página de rastreamento da encomenda, inserir o IdTíquete impresso no comprovante de postagem e confirmar a solicitação.

Uma vez realizado o procedimento, os Correios gravam no código do produto a informação de “Suspensão de entrega de objeto solicitada pelo remetente”. Assim, o carteiro é informado de que a encomenda não deve ser entregue ao destinatário e precisa retornar ao remetente.

Apesar das medidas, os Correios alertam, em seu site, que a suspensão não é garantida. “Após registrada, a solicitação será atendida sempre que viável operacional e tecnicamente. Portanto, a funcionalidade não exime o remetente de tomar todos os cuidados adequados às negociações ou vendas pela internet”, diz o texto.

Para saber como proceder para cancelar a entrega de uma encomenda, a estatal disponibiliza um passo a passo. Confira:

1 – Acesse o portal dos Correios e insira no campo “Acompanhe seu objeto” o código do produto

Reprodução / Correios

2 – Também é possível acessar diretamente pela página de rastreamento, disponível neste link

Reprodução / Correios

3 – Se o botão “Suspender entrega” estiver disponível, clique nele

Caso a opção não esteja disponível, não é possível solicitar a suspensão da entrega. Isso pode ocorrer quando o objeto já tiver sido disponibilizado para retirada em alguma unidade, tenha saído para entrega pelo carteiro ou esteja bloqueado por autoridades fiscalizadoras, entre outras situações.

Reprodução / Correios

4 – Informe o login e senha IdCorreios do remetente do objeto.  O IdCorreios utilizado deve ser o mesmo do CPF/CNPJ informado no momento da postagem

Importante: caso  usuário ainda não tenha cadastro no idCorreios, será necessário realizá-lo. Função está disponível neste link. Vale lembrar que, caso o CPF/CNPJ não tenha sido informado na postagem, não será possível solicitar o cancelamento da entrega.