A Brigada Militar esteve atuando intensamente durante os quatro dias de carnaval, nas cidades da região. No total, foram mais de 170 mil pessoas participando das festividades que aconteceram ao ar livre. Os números não contabilizam foliões que participaram das festas realizadas em clubes.

Houveram abordagens que fazem parte do plano de prevenção elaborado pela Brigada Militar, que visa proporcionar tranquilidade aos frequentadores de balneários da região. Os trabalhos foram executados por militares que participaram da Operação Golfinho.

Confira os números da Operação carnaval 2019 na região:

Tapes

Em Tapes, 30 mil pessoas participaram das festividades nos quatro dias de carnaval. Houveram três ocorrências de furtos simples, cinco ocorrências de brigas, um furto qualificado, uma ocorrência de roubo, duas por perturbação do sossego, dois acidentes de trânsito, uma resistência e duas prisões.

Arambaré

No município de Arambaré, mais de 20 mil pessoas estiveram nas quatro noites de carnaval participando das atividades ao ar livre. Houveram quatro ocorrências por desordem e outras quatro de perturbação do sossego. Um veículo foi recolhido por perturbação e uma pessoa foi presa por resistência. Os policiais ainda prenderam outras três pessoas, sendo uma delas pelo crime de desacato.

São Lourenço do Sul

Na cidade de São Lourenço do Sul, foi registrado o maior público do carnaval da Costa Doce. Foram aproximadamente 30 mil pessoas em cada uma das quatro noites do carnaval lourenciano. Nestes dias, a cidade teve três ocorrências policiais de desacato e resistência. Houve uma ocorrência de perturbação do sossego e uma por posse de entorpecentes. Houveram cinco prisões no município, que ainda contou com uma ocorrência de disparo de arma de fogo.