Lateral projetou confronto diante dos paulistas pelas quartas de final da Copa do Brasil, definido por sorteio na tarde desta segunda

O lateral Uendel concedeu entrevista coletiva no CT Parque Gigante, após as atividades preparatórias para o confronto contra o Bahia, na quarta-feira, 21h30min, no Beira Rio, pelo Campeonato Brasileiro. Trata-se do último compromisso colorado antes da pausa para a Copa América.

Mesmo com a proximidade do jogo diante do Bahia, não fugiu do assunto Copa do Brasil. O sorteio apontou o Palmeiras como adversário colorado pelas quartas de final da competição. Os jogos só serão realizados após a Copa América.

Uendel elogiou o técnico Felipão, e destacou a força do técnico em enfrentamentos de mata-mata, colocando o fator como uma dificuldade a mais. Falou, ainda, sobre os confrontos recentes na Copa do Brasil, em 2015 e 2017, quando o Inter acabou eliminado em ambos os duelos.

Citou o bom momento do Palmeiras, e a invencibilidade defendida no Campeonato Brasileiro. Mas que, em se tratando de competições diferentes, as coisas mudam. “Vai ser um grande clássico, com jogos difíceis. Eles estão bem no Brasileiro, mas é um pouco diferente. Essa vantagem não vai se refletir no mata-mata”, projetou.

O lateral também projetou o confronto contra o Bahia, pelo Campeonato Brasileiro. Ele espera uma equipe bastante compacta, com velocidade pelos lados. Na avaliação de Uendel, a equipe deverá se apresentar da mesma forma que atuou contra o São Paulo pela Copa do Brasil, quando levou a melhor e garantiu a classificação nos 180 minutos.  “Vai ser um jogo difícil, então temos que nos preparar bem”, finalizou.