Rendimento do atacante contra o Santos foi elogiado por Renato

Diego Tardelli, considerado a “cereja do bolo” da equipe para 2019 e contratação mais cara da atual gestão do Grêmio, e Luan, melhor jogador do continente em 2017, precisarão de mais tempo para ganhar vagas na equipe. O rendimento dos dois contra o Santos foi elogiado pelo técnico Renato Portaluppi, mas a titularidade dos dois não foi garantida.

Desde que começou a entrar no time do Grêmio, Tardelli foi titular em três partidas, duas pela Libertadores e uma pelo Campeonato Gaúcho. Em 11 jogos, com um total de aproximadamente 1.045 minutos, o atacante de 33 anos atuou em 393 minutos e marcou um gol, segundo dados do site O Gol. Em nenhum dos dois que iniciou, terminou o jogo. Renato Portaluppi revelou após a derrota para o Santos que tem conversado com o atacante sobre a estratégia de colocá-lo no time e a resposta do atleta é considerada boa.

“Queremos o melhor para ele e para o clube. Tem que se readaptar ao futebol brasileiro. Tem melhorado no dia a dia, na parte física e técnica. Daqui um pouco, eu solto ele e ele vai embora. Não queremos que ele tenha uma lesão, que fará perder tudo que conquistou até agora. Estamos no caminho certo”, revelou o técnico.

Renato ainda afirmou que pode usar o atacante em qualquer uma das funções do setor ofensivo. “Ele joga em duas ou três posições, como os companheiros. Às vezes, em um contra-ataque, em um ataque, em um escanteio, um pode ocupar o espaço do outro e isso é muito importante, pois confunde o adversário”, declarou o treinador, lembrando que o gol de Everton saiu pela direita de ataque.

Luan ganha elogios

Luan vive situação semelhante a de Tardelli e também foi elogiado pelo treinador ao entrar no segundo tempo contra os paulistas. “O Luan é um jogador do grupo e vem melhorando. Entrou com força e bem. Isso que cobrava dele. Ninguém joga no nome, pois facilita o trabalho do adversário. Não temos titulares ou reservas, vamos fazendo rodízio, pois foi para isso que fizemos um grupo forte e com grandes jogadores. O importante é aproveitar as oportunidades”, afirmou.

Desde que foi afastado do time principal por Renato Portaluppi, no dia 5 de abril, Luan atuou 60 minutos, 30 contra o Inter e 30 contra o Santos. Porém, o meia-atacante ficou fora da partida contra o Libertad, no Paraguai, pela Libertadores.

Os dois podem ganhar novas oportunidades na quarta-feira, quando o Grêmio vai a Florianópolis enfrentar o Avaí, às 19h15min, no estádio da Ressacada. O clube catarinense perdeu para o Atlético-MG, por 2 a 1, em Minas Gerais, no último sábado, no jogo que marcou o retorno para a Série A do Brasileirão.