Em entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira, o atacante Diego Tardelli admitiu que recebeu uma proposta da China logo após a sua chegada ao Grêmio. De acordo com ele, chegou a cogitar aceitar a transferência e retornar ao futebol chinês porque “não estava feliz” no Tricolor.

Tardelli pensou em aceitar para “ficar mais tranquilo”, por conta do momento ruim que passava, no qual, segundo ele, não estava conseguindo realizar o que pretendia no Grêmio. “Acabei recusando porque não queria deixar pra trás essa oportunidade. Queria fazer história aqui no Grêmio”, destacou.

Para o jogador, o momento atual, no qual se firma como titular no clube, é uma recompensa. “Valeu a pena ter ficado. Minha família foi fundamental para isso. Deixei para trás todas essas coisas e sigo tranquilo e realizado aqui”, assegurou o atacante.

Tardelli parece ter ganho a posição como novo titular do ataque do Grêmio. Após o mau desempenho de André na Copa do Brasil, diante do Athletico-PR, e a boa atuação de Tardelli na goleada sobre o Cruzeiro em Minas Gerais, o jogador deve começar contra o Goiás, no domingo, às 16h.

O jogador disse que, hoje, se sente no mesmo nível dos outros jogadores do clube, e destacou que vem “aproveitando as oportunidades” dadas por Renato Portaluppi. “Chegou o momento de mostrar tudo o que o Grêmio depositou em mim. Me sinto focado e concentrado nesse momento”, frisou.

Tardelli revelou o pedido de Renato para que ele permaneça mais próximo do gol, com a participação de outros jogadores apra criar as jogadas. O atacante se disse pronto para atuar na função. “Ele quer que eu faça o pivô, fique perto do gol. Já joguei várias vezes nessa posição, então para mim é tranquilo”, destacou.

O atacante citou a necessidade de “dar a volta por cima” após a eliminação na Copa do Brasil, e que a equipe não pode ficar lamentando, por conta da necessidade de disputar os outros dois campeonatos. Mesmo faltando cerca de um mês, voltou a falar na semifinal da Libertadores contra o Flamengo. “Sabemos que o momento deles é muito bom. Mas nós estamos fazendo o nosso trabalho. Vamos dar uma resposta muito boa”, garantiu.