Discurso no clube ainda é de precaução, mesmo que grupo tenha se mostrado mais confiante

A campanha convincente na primeira fase e, principalmente, os confrontos equilibrados que protagonizou com o River Plate, que é o atual campeão da América, tanto no Beira-Rio quanto no Monumental de Nuñez, mostraram que o Inter alcançou um nível no qual já é possível cobiçar o título da Libertadores. Porém, o otimismo e a confiança não cederam lugar à soberba, pelo menos não externamente. Todos que falaram desde o empate por 2 a 2 com os argentinos, na noite de terça-feira, em Buenos Aires, reafirmaram precaução.

“Temos que ter calma porque só conseguimos classificar. Ninguém acreditava na gente, mas classificamos em primeiro lugar em um grupo que tinha o River, que é o atual campeão da Libertadores. Conseguimos bons resultados e estamos invictos, mas agora começa um outro campeonato. É totalmente diferente”, afirmou D’Alessandro, ainda no Monumental de Nuñez. O Inter conhecerá na próxima segunda-feira seu adversário nas oitavas de final na próxima segunda-feira, quando será realizado o sorteio na Conmebol. Já sabe, porém, que o segundo jogo será no Beira-Rio.

O grupo deverá ser modificado em algumas peças até as oitavas, que serão disputadas após a Copa América. Os dirigentes não escondem a pretensão de buscar reforços para algumas posições. Além disso, Odair Hellmann deve perder peças durante a janela de transferências internacionais. Após o empate com o River Plate, o vice de futebol, Roberto Melo, confirmou que há sondagens por alguns jogadores do atual elenco.

Iago está sendo observado por alguns clubes da Europa, especialmente de Portugal. O volante Rodrigo Dourado e o atacante Nico López − que ainda não assinou a renovação do seu contrato, apesar de ter declarado a intenção de ficar no Inter − também despertam a atenção dos europeus. Se qualquer um dos três sair, o Inter terá de buscar a reposição no mercado. Antes da Copa América, porém, o Inter tem seis partidas pelo Brasileirão e dois confrontos contra o Paysandu, pela Copa do Brasil. Com lesão muscular, Patrick não enfrenta o Cruzeiro neste domingo, no Beira-Rio.