Capitão da conquista da Libertadores de 2017 e ponta-esquerda das décadas de 60 e 70 deixaram suas marcas em solenidade realizada nesta terça-feira

Dando sequência às atividades de comemoração dos 116 anos do clube, o Grêmio eternizou mais dois nomes em sua Calçada da Fama. Na noite desta terça-feira, na Arena, o zagueiro Pedro Geromel, capitão do tricampeonato da Libertadores de 2017, e o ponta-esquerda Loivo, oitavo jogador que mais vestiu a camisa do clube, deixaram suas marcas para sempre na história do Clube.

A solenidade contou com a presença de torcedores, dirigentes e conselheiros do clube. O presidente Romildo Bolzan enalteceu a dupla, destacando a identificação e a dedicação de ambos ao Grêmio.

O zagueiro Pedro Geromel chegou no Grêmio em 2014. Considerado um dos maiores zagueiros da história do Tricolor, fez 253 partidas e marcou 12 gols pelo Grêmio. Conquistou a Copa do Brasil de 2016, a Libertadores de 2017, a Recopa Sul-Americana de 2018 e os Gauchões de 2018 e 2019.

Em sua fala, disse estar muito orgulhoso de poder deixar seu nome marcado na história do Grêmio. Afirmou, ainda, estar grato pela oportunidade de vestir a camisa de um grande clube do futebol brasileiro. “Vou tentar sempre dar o meu melhor diariamente para levar o Grêmio ao mais alto nível, como tem sido nos últimos anos. Espero dar muitas alegrias ao torcedor ainda”, destacou.

Atacante do Grêmio na década de 60 e 70, se destacou como ponta-esquerda, e jogou de 1967 até 1977. Entrou em campo 427 vezes com a camisa do Tricolor, com 77 gols marcados. Foi o oitavo jogador que mais vestiu a camisa do Grêmio, conquistando os estaduais de 1967 e 1968.

O ex-jogador disse viver um dia inesquecível, ao colocar os pés na Calçada da Fama do Grêmio. Agradeceu a Romildo Bolzan Jr. pela oportunidade, e aos conselheiros do Grêmio que aprovaram o nome na votação. “Isso me dá uma alegria muito grande. Sem essa torcida maravilhosa, o Grêmio não seria tão grande. As pessoas que estão conduzindo o clube vão levar ao patamar mais alto. Tenho orgulho muito grande de ter jogado aqui”, frisou.

Com a homenagem, o Grêmio chega a 46 nomes eternizados. Do elenco atual, além do técnico Renato Portaluppi e de Geromel, o capitão da Copa do Brasil de 2016, Maicon, também tem seus pés na Calçada da Fama.