Chuva avança sobre o Estado à noite, com aumento do vento

A terça-feira será o último dia sob bloqueio atmosférico responsável pelo tempo seco e muito quente para a época do ano que predominou nos últimos dias, no Rio Grande do Sul. O sol aparece novamente na maioria das regiões, mas frente fria ingressa com aumento de nuvens e chuva no fim da tarde e à noite por Oeste e Sul.

Na Metade Norte, não se descarta instabilidade muito isolada associada ao ar quente. O amanhecer ameno terá neblina ou nevoeiro em pontos isolados. Já a tarde será quente para a segunda quinzena de junho. O vento se intensifica do Centro para o Oeste do Estado, soprando do quadrante Norte.

São Lourenço do Sul tem temperaturas entre 15ºC e 23ºC. Previsão de 25 mm de chuvas. Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora.

As mínimas rondam os 6°C em São José dos Ausentes e os 9°C em Vacaria. As máximas, por sua vez, podem chegar a 28°C em Santa Maria e 29°C em Santa Rosa. Em Porto Alegre, os termômetros variam entre 16°C e 27°C.

Ciclone na Argentina

Um centro de baixa pressão vai dar origem a um ciclone extratropical na província de Buenos Aires. O ciclone trará chuva forte e muito volumosa para a província da Argentina, além de fortes rajadas de vento, especialmente em áreas costeiras. A frente fria associada ao ciclone avança pelo Rio Grande do Sul no final desta terça e na quarta, mas vai trazer pouca chuva na maioria das áreas.

Modelos não indicam temporais, mas com ar quente na dianteira da frente e uma corrente de jato em baixos níveis atuando, não é possível afastar que a instabilidade seja maior que a antecipada pelos modelos e que isoladamente ocorram eventos de tempo severo como vendavais. O ciclone será responsável por trazer vento moderado a forte.